terça-feira, 27 de julho de 2021

Histórico da Capitania Mor da Casa Pia dos Santos Anjos - Nomes e Símbolos

 

Salve Maria! Tudo começou com a fundação da Pia Associação dos Santos Anjos, mantida pelos padres salesianos. Minha mãe era aspirante nessa Pia Associação.  Depois, com o passar dos anos, a Pia Associação deixou de existir. Porém a ideia era muito boa. Assim, aproveitando o legado espiritual deixado pela Pia Associação dos Santos Anos, no dia 01 de julho de 2010 surgiu a Casa Pia dos Santos Anjos, através de Blog, para reunir os devotos dos Santos Anjos e ensinar sobre eles. Essa Casa Pia – que quer dizer “Casa piedosa” na verdade era apenas virtual, pois ensinava e reunia pela internet. Teve mais de 80 mil visitas.

Com toda essa história, e sabendo do papel importante que os Santos Anjos tem no mundo, decidi montar um grupo dedicado à São Miguel Arcanjo e aos Santos Anjos. Realmente os Santos Anjos são muito esquecidos, especialmente em épocas de crise. Antes do Concilio Vaticano II a festa e procissão no dia dos Santos Anjos (2 de outubro) era obrigatória, e até mesmo a aparição de São Miguel no Monte Gargano (dia 8 de maio) constava no Breviário.

Estamos envolvidos numa guerra que não fomos nós quem começamos. Essa guerra começou com a revolta de Lúcifer no céu e depois, expulso do céu, o maligno continuou essa guerra contra Deus aqui na Terra. Criado o homem, este foi vítima do ódio diabólico. Procurando perder o ser humano já na sua origem, Lúcifer – que seduz todo mundo, segundo consta nas Sagradas Escrituras - tentou Eva a comer do fruto da árvore proibida por Deus. Havia essa proibição, não porque o fruto era ruim, mas Deus queria pôr à prova a obediência do ser humano. Adão e Eva já tinham passado por essa árvore por várias vezes, porém não comiam dos frutos em razão da proibição.

Qual seria o modo pelo qual o demônio faria Eva comer do fruto da árvore da ciência do bem e do mal? Ora, no céu a revolta de Lúcifer foi a soberba, e isso o diabo tinha de sobra. Também conhecia as tendências do ser humano e suas possíveis fraquezas. Então lançou o seu veneno com aquilo que ele sabia muito bem: “coma o fruto, sereis como Deus! ” A mesma revolta que houve no céu, agora o maligno tenta Eva.

Vejam a malícia do maligno:

Livro do Gênesis, capitulo 3, versículos de 1 a 6:

A serpente era o mais astuto de todos os animais dos campos que o Senhor Deus tinha formado. Ela disse a mulher: É verdade que Deus vos proibiu comer do fruto de toda árvore do jardim?”A mulher respondeu-lhe: Podemos comer do fruto das árvores do jardim. Mas do fruto da árvore que está no meio do jardim, Deus disse: Vós não comereis dele, nem o tocareis, para que não morrais.” “Oh, não! – tornou a serpente – vós não morrereis! Mas Deus bem sabe que, no dia em que dele comerdes, vossos olhos se abrirão, e sereis como deuses, conhecedores do bem e do mal.” A mulher, vendo que o fruto da árvore era bom para comer, de agradável aspecto e mui apropriado para abrir a inteligência, tomou dele, comeu, e o apresentou também ao seu marido, que comeu igualmente.

Eva, jamais deveria ter respondido à provocação do demônio. Respondendo deu abertura para a tentação. Conseguindo seu intento, a serpente deve ter se contorcido por ódio a Deus. Depois, se apresentando diante de Deus, Adão e Eva confessaram a sua desobediência, e viram que não tinham se transformado em “deuses” como a serpente havia falado.

Assim, Deus, por decreto, oficializou a guerra entre a Mulher e a serpente; entre a posteridade da Mulher e a posteridade da serpente. “Porei inimizades entre a mulher e a serpente, entre a posteridade dela e a posteridade da serpente” (Genesis, capitulo 3, versículo 15). Deus decretou essa guerra entre os homens (do bem e do mal) para todo o sempre. Dessa forma, estamos inseridos nessa guerra por Decreto Divino.

Comentários de São Luiz no livro Tratado da verdadeira devoção à Santíssima Virgem: tópicos de 51 até 54:

Uma única inimizade Deus promoveu e estabeleceu, inimizade irreconciliável, que não só há de durar, mas aumentar até ao fim: a inimizade entre Maria, sua digna Mãe, e o demônio; entre os filhos e servos da Santíssima Virgem e os filhos e sequazes de Lúcifer; Deus não pôs somente inimizade, mas inimizades, e não somente entre Maria e o demônio, mas também entre a posteridade da Santíssima Virgem e a posteridade do demônio. Quer dizer, Deus estabeleceu inimizades, antipatias e ódios secretos entre os verdadeiros filhos e servos da Santíssima Virgem e os filhos e escravos do demônio. Não há entre eles a menor sombra de amor, nem correspondência íntima existe entre uns e outros.

Não bastasse esse fato bíblico, os Papas têm falado sobre a ação dos Anjos como o Papa São Pio X:

Deus na primeira luta venceu servindo-se de São Miguel. Devemos, portanto, acreditar firmemente que a luta atual terminará triunfante e também como outrora, com o socorro e a ajuda deste Arcanjo bendito.

Nas Sagradas Escrituras, livro do apocalipse, lemos sobre uma guerra de anjos e demônios, e que o demônio desceu na Terra com grande ira (apocalipse capitulo 12, versículo 12). E não só isso, mas que Lúcifer tem grande poder de sedução, pois seduz todo mundo, seduz as nações e seduziu até os anjos rebeldes para que o acompanhassem na sua revolta contra Deus (apocalipse capitulo 12, versículo 9; capitulo 20, versículos 3, 8 e 10).

Eu tinha o dever de alertar para que as pessoas do meu tempo, não se deixassem seduzir por dinheiro, prestigio e fama, pois Lúcifer conhece bem o fundo da alma do homem e sabe que ele almeja riqueza, prestigio e fama.

Muitas vezes o demônio se disfarça de “amigo que estende a mão” ... o verdadeiro amigo é aquele que nos leva para o céu...

Baseado em tudo isso, achei que seria muito bom esclarecer a opinião pública sobre a realidade e importância dos Santos Anjos. As grandes Revoluções para a destruição da Cristandade, todas foram continuidade da Revolta de Lúcifer no Céu.

Procurei um nome adequado para chamar minha iniciativa. Encontrei muitas sociedades dedicadas aos Santos Anjos e São Miguel. Nenhuma delas nomeava São Miguel Arcanjo como Capitão dos exércitos do Senhor.

Então pensei no seguinte: Capitania é onde fica o Capitão, ou onde ele exerce seu domínio. Ora, como meu trabalho todo é demonstrar o papel dos Santos Anjos nesta Terra, comandados por São Miguel, pois se trata de uma luta contra o demônio, nada mais justo de designar o “meu território apostólico” como Capitania de São Miguel.

Antigamente, quando se falava de alguém, perguntava-se de onde era. Por exemplo: João. Que João? João da casa de Antônio. Isso queria dizer que João era parente ou descendente da família de Antônio. Antônio era famoso, porém João não. Assim, João da Casa de Antônio, identificava a pessoa de onde era ou teria vendo. “Casa” era como dizer “da família de”.

Assim somos da Casa Pia (Casa Piedosa) dos Santos Anjos. Ou seja, somos do grupo de São Miguel.

“Casa” também é um modo de dizer “grupo”, pois casa é o lugar onde se reúnem pessoas da mesma família ou do mesmo ideal.

“Casa” é uma forma de dizer “aqui se reúne pessoas” e “pia” é uma palavra derivada de piedosa. Casa Pia, quer dizer então: Casa Piedosa, onde se pratica a piedade, se reza, se conta história, se faz apostolado, se pratica atos que levam a pessoa até Deus.

Assim, diferenciando de tudo o que já existe, resolvi adotar o nome de Capitania Mor da Casa Pia dos Santos Anjos. Esclarecendo que “Mor” é uma palavra antiga que quer dizer maior, principal. O altar mor de uma igreja é o seu altar principal. Capitania Mor seria então a mais importante capitania, onde quem manda é São Miguel Arcanjo. Duvido que haja outro grupo com esse nome tão extenso e particular: Capitania Mor da Casa Pia dos Santos Anjos.

De início comecei fazendo exposição no YouTube, explicando sobre os anjos, depois percebi a necessidade de montar um grupo de orações, onde uns rezam pelos outros. Todos os que seriam inscritos teriam a obrigação de rezar ao menos uma Ave Maria pelos demais do grupo. Assim, sem saber quem são e nem quantos são, uns estariam rezando perpetuamente uns pelos outros.

Para as pessoas que tem gesto tão nobre quanto rezar uns pelos outros perpétuamente, deveria haver algo honroso. Percebi também que há muitas buscas por títulos das várias ordens de cavalaria que existem hoje em dia: Ordem Equestre de Jerusalém, Ordem de São Lázaro, Ordem de Malta, Ordem do Cruzeiro do Sul, Ordem das Rosas (fundada por Dom Pedro I), Ordem de Santiago, Ordem de São Miguel da Espada, Ordem militar dos Templários e muitas outras.  Algumas dessas ordens surgiram na Idade Média e hoje são meramente históricas e honoríficas, não tendo mais a conotação de Cruzada como antigamente tinham.

Essas ordens militares ou não, são simbólicas e hoje tem outra luta, como por exemplo a luta contra a lepra (Ordem de São Lázaro).

Nós católicos temos também uma grande luta: a luta contra o pecado que não é menos nobre que outras lutas. Então porque não dar um título honorífico e simbólico à tão nobre causa? A causa de rezar uns pelos outros? A causa de conhecer e venerar os Santos Anjos tão esquecidos no mundo de hoje?

Assim, dessa forma, pensei numa classificação honorífica. Me baseei nas outras ordens de cavalaria já existentes, mas modifiquei o termo tornando-o mais católico e mais significativo. Não sou nobre, e nem confiro títulos de nobreza, mas posso conferir títulos honoríficos.

As dignidades que as pessoas são recebidas estão diretamente ligadas com o tipo de adesão que tem com a Capitania Mor da Casa Pia dos Santos Anjos.

Não há grão-mestre, mas Capitão Mor. E o Capitão Maior ou Mor é São Miguel Arcanjo. Não há comendas e nem comendadores, mas há medalhas de São Miguel Arcanjo que são portadas com uma fita.

A insígnia da Capitania Mor é um escudo oval com orla branca e fundo vermelho. No meio uma cruz própria branca e azul. O escudo é uma proteção pela oração, fundo vermelho porque o campo é uma luta, a cruz branca e azul simboliza os Santos Anjos, pois o branco dos anjos e o azul do céu. Está escrito em baixo “Capitania Mor dos Santos Anjos”. Essa insígnia – benta por um sacerdote – é fixada numa fita para ser portada ou na Igreja ou particularmente na sua residência enquanto reza. Ao mesmo tempo que está benta também faz propaganda entre os católicos que queiram participar.

Fita Branca para as mulheres, fita azul para os homens e fita vermelha para os sacerdotes.

Assim, para quem quer ir além do grupo de orações, terá uma colocação especial. Mas em razão dos gastos com os materiais enviados, a pessoa que quiser o certificado, a fita com o escudo e medalha, etc. deverá contribuir com uma taxa para cobrir todas essas despesas de confecção e envio. 

Detalhes poderá ser obtido através do e-mail capitania.mor.anjos@gmail.com

FINALIDADE: O que se pretende? Nada de associação, nada de sociedade, nada de ordem religiosa, apenas e tão somente reunir pessoas que são devotas de São Miguel Arcanjo e dos Santos Anjos. Sem sede, sem diretor, sem subordinação, nenhum vinculo a não ser a obrigação de rezar uns pelos outros. NÃO TEM FIM LUCRATIVO, as despesas de correio e de confecção de certificados, escudos e medalhas são compradas e confeccionadas com doações espontâneas especialmente para esse fim, de quem quer participar de modo mais ativo. Na verdade, somos um grupo de devotos que rezam e sabem que há uma guerra de anjos e demônios, e que devemos tomar partido dos anjos bons no combate às corrupções e tendências desordenadas do mundo moderno.

PRETENDE-SE NA VERDADE FAZER O MAIOR GRUPO DE ORAÇÕES DO BRASIL, pois a única obrigação de todos os inscritos é a de rezar ao menos uma Ave Maria pelos demais inscritos na Capitania Mor. Assim o Brasil inteiro estará rezando perpétuamente por você e você estará rezando pelo Brasil. Quanto mais pessoas ingressarem MAIS PESSOAS REZARÃO POR VOCE E VOCE POR ELAS. Uma única Ave Maria por dia. Já dizia São Luiz Maria Grignion de Montfort: “Par l’Ave Maria le peche se détruira” (Pela Ave Maria o  pecado será destruído).

Haverá um informativo, uma Carta Circular, eventualmente, que circulará entre os membros do grupo, onde constará informações sobre como andam as coisas e um meio de comunicação com os inscritos. Tudo pelo WhatsApp. Também este Blog é um informativo aos inscritos. Acompanhem sempre.

Que São Miguel Arcanjo proteja todos nós.

Salve Maria!

Nos cum prole pia, Benedicat Virgo Maria

2 comentários:

  1. Depois que preenchemos o formulário com número do ZAP, quanto tempo pra fazer contato?

    ResponderExcluir
  2. Prezado senhor ou senhora, Salve Maria. Nesse final de ano e inicio de ano novo, as pessoas estavam de férias e não puderam aprontar o material de envio. No inicio de fevereiro já começarão a ser enviados o material. Obrigado pela paciencia.

    ResponderExcluir

Obrigado por visitar nosso Blog. Pedimos que somente comente com respeito. Qualquer comentario ofensivo ou que conste palavrões, serão deletados